Destaque CASO DO MÉDICO

Polícia Militar prende PM acusado de matar médico em boate na Beira Rio

Segundo o Serviço de Inteligência do 14° Batalhão de Polícia, Adonias Sadda estava escondido em uma casa no bairro Bacurí.

27/07/2021 19h56 Atualizada há 2 meses
19.813
Por: Willamy Figueira
PM Adonias Sadda, acusado de matar o médico Bruno Calaça de 24 anos (Foto: Divulgação/Instagram)
PM Adonias Sadda, acusado de matar o médico Bruno Calaça de 24 anos (Foto: Divulgação/Instagram)

A Polícia Militar acabou de informar que efetuou a prisão do PM Adonias Sadda no final da tarde desta terça-feira (27), em uma casa no localizado no bairro Bacurí.

Segundo o Serviço de Inteligência do 14° Batalhão de Polícia Militar, Adonias estava escondido na casa do advogado que está envolvido no assassinato do médico Bruno Calaça.

Bruno Calaça Barbosa de 24 anos, foi morto pelo PM Adonias Sadda com um tiro à queima roupa na altura do peito, na madrugada desta segunda-feira (26) - REVEJA AQUI - em uma boate que fica localizada na Beira Rio de Imperatriz.

A Polícia Civil informou nesta terça-feira (27), que já ouviu oito testemunhas e que já localizou as pessoas envolvidas na discussão que vitimou o médico. O PM Adonias Sadda foi encaminhado a Delegacia de Homicídios para ser ouvido e em seguida deve ficar preso no 3°BPM até ser transferido para a prisão no Comando Geral da PM em São Luís. 

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.