Destaque CASO VANDERLEI

Polícia Civil prende um dos suspeitos da morte do presidente da associação do Sebastião Régis

Segundo o delegado da Delegacia de Homicídios, o suspeito que é PM do Pará, foi preso na manhã desta quinta-feira (29), em Rondon - PA, acusado de ser um dos envolvidos da morte de Vanderlei Rodrigues no dia 18 de julho.

29/07/2021 21h31
18.720
Por: Willamy Figueira
Danilo Rosa Silva é um dos suspeitos de ter assassinado Vanderlei Rodrigues (Foto: Rede Social)
Danilo Rosa Silva é um dos suspeitos de ter assassinado Vanderlei Rodrigues (Foto: Rede Social)

A Polícia Civil de Imperatriz através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (Dhpp), prendeu no início da manhã desta quinta-feira (29), na cidade de Rondon - PA, o policial militar do Pará, de nome Danilo Rosa Silva de 40 anos, por ser um dos suspeitos da morte do presidente da Associação de Moradores do bairro Sebastião Régis, Vanderlei Rodrigues de 54 anos.

O crime aconteceu na madrugada do dia 18 de julho na residência de Vanderlei que foi alvejado por um dos seis disparos que acertou o portão de sua residência, quando Vanderlei estava dentro da residência.

De acordo com o delegado Praxísteles Martins, o PM Danilo tinha um grau de amizade com a família da esposa de Vanderlei e que no dia do homicídio, Vanderlei teria agredido a esposa. Danilo e uma outro suspeito foram até a delegacia aguardar a formulação da denúncia pela esposa de Vanderlei e após ela ignorar a denúncia de agressão, Danilo e outro suspeito se deslocaram até o bairro Sebastião Régis para cometer o crime.

O PM Danilo Rosa após a prisão temporária, prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e ficou em silêncio, pois segundo seu advogado, não tiveram acesso às investigações. Na saída da delegacia, foi possível ouvir gritos de "assassino" pela irmã de Vanderlei.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.