Destaque TRÂNSITO

É fake os boatos de implantação da Zona Azul na Beira Rio de Imperatriz

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SETRAN), rebate boatos que seria implantado o estacionamento rotativo no principal cartão postal da cidade.

31/08/2021 11h48
17.782
Por: Redação Jornal Imperatriz
Beira Rio de Imperatriz (Foto:Divulgação/Arquivo)
Beira Rio de Imperatriz (Foto:Divulgação/Arquivo)

É fake news notícia de suposta implantação de Zona Azul na Avenida Beira Rio em Imperatriz, garante o secretário de Trânsito e Transportes, Leandro Braga. Ele rechaçou na manhã desta terça-feira (31), comentários divulgados nas redes sociais.

De acordo com o secretário, o projeto cria mais 1464 vagas de estacionamento rotativo pré-pago, ampliando o atendimento ao usuário, no perímetro urbano no trecho da rua Rio Grande do Norte à rua Minas Gerais, e da rua Luís Domingues à João Lisboa, no setor do Entroncamento. A zona azul funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e no sábado das 8h às 13h.

Melhorou de forma considerável o acesso às vagas de estacionamento de veículos [carros e motos] no setor comercial após a implantação da zona azul, democratizando os locais nas principais vias da cidade - destaca o secretário que enfatiza a ampliação de duas para três horas de duração o estacionamento rotativo.

Leandro Braga explicou que a medida oferece mais conforto e comodidade às pessoas que se deslocam para áreas comerciais e clínicas médicas em Imperatriz.

"É fácil de usar, basta o usuário acessar o aplicativo Digipare ou, se preferir, ir a um dos vários pontos de vendas para comprar o tíquete de estacionamento da zona azul" -  frisou.

O secretário reitera que o esforço da gestão municipal "é para melhorar a acessibilidade de veículos em áreas de estacionamento em ruas e avenidas no setor comercial, antes bastante reclamado pelos motoristas que acabavam cometendo infrações de estacionamento em filas duplas".

A zona azul é uma medida que democratizou a utilização de vagas de estacionamento: prático, rápido e necessário" - concluiu.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.