Destaque ELEIÇÕES OAB

Kaio Saraiva lidera com folga a eleição para a presidência da OAB Maranhão

Candidato da "Chapa 04", o jovem advogado aparece mais que o triplo das intenções de votos para o segundo colocado, aponta pesquisa para a eleição da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no estado.

15/11/2021 11h24 Atualizada há 3 semanas
14.578
Por: Willamy Figueira
Foto: Divulgação/Jornal Imperatriz
Foto: Divulgação/Jornal Imperatriz

Na reta final da campanha para a Seccional da OAB Maranhão, pesquisa aponta que o candidato da Chapa 04, Kaio Saraiva, vence a eleição em Imperatriz com folga, para o segundo maior colégio eleitoral do estado. Na pesquisa mais recente, onde foram ouvidos mais 500 profissionais do direito, Saraiva aparece com 63,83%, mais do que triplo para o segundo colocado.

Para aliados de Kaio Saraiva esse percentual nesta reta final da campanha demonstra que a maioria dos advogados de Imperatriz assimilou as propostas apresentadas pelo candidato como as melhores para a advocacia maranhense. Dos candidatos à seccional Kaio foi o mais presente em Imperatriz e não perdeu a oportunidade para apresentar suas propostas.

Jovem e arrojado, ele acabou conquistando o apoio de duas das quatro chapas na disputa pelo comando da Subseção de Imperatriz. As advogadas Lucélia Diogo e Josineile Pedrosa, que na pesquisa lideram a corrida a eleitoral, num forte indicativo de que a OAB deve continuar, sob o comando de uma mão feminina.

Além do mais, Kaio Saraiva abriu espaço na chapa para advocacia da cidade com posições importantes, como o advogado Charles Miguez (reeleição) para o Conselho Federal, e Vandir Junior na Secretaria Geral.

Kaio Saraiva é maranhense, tem 33 anos. É especialista em Direito Municipal e em Direito Processual Civil e do Trabalho. Atualmente, além de tesoureiro da OAB/MA , é procurador concursado do município de Pedreiras.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.