Destaque ABSURDO

Em noite de véspera de Natal, Hospital Socorrinho ficou sem médico plantonista

A denúncia foi feita por pais de crianças que procuraram atendimento no hospital e na demora, foi descoberto que não havia médicos plantonitas para o atendimento.

25/12/2021 14h48
14.402
Por: Willamy Figueira
Foto: Divulgação/Arquivo
Foto: Divulgação/Arquivo

Um absurdo sem precedentes, foi registra na noite desta sexta-feira (24), no Hospital Municipal Infantil (Socorrinho), por não haver médicos plantonitas para realizar o atendimento a crianças.

Segundo informações, só foi possível descobrir que não havia médicos no hospital, após os acompanhantes das crianças estranharem a demora no atendimento. Ao adentrarem nas salas dos médicos, foi constatado que de fato, que não tinha médico de plantão que deveria ter dado início ao plantão, as 19h.

Alguns pais ligaram para dois vereadores que foram ao Socorrinho e constataram que o hospital não possuía plantonitas. Esse absurdo passou desapercebido pela direção do hospital que só veio se manifestar a público a cerca do caso, na tarde deste sábado (25).

Em nota a direção do Hospital Socorrinho, reconheceu que o plantonista faltou ao seu plantão e que o médico ainda não procurou a direção do hospital para dar satisfação sobre a ausência.

Veja a nota emitida 

A Direção do Hospital  Municipal Infantil de Imperatriz-HMII lamenta pelo ocorrido no plantão do dia 24 de dezembro. O planejamento Administrativo Hospitalar estava funcionando normalmente, de acordo com cada plantão, tinhamos dois médicos plantonistas diurno e noturno. Sendo que tudo aconteceu normalmente até as 19:00 horas quando os plantonistas diurnos atenderam 70 crianças no período de 7:00 às 19:00 horas. Infelizmente no período noturno fomos surpreendidos com a ausência do plantonista, pois o mesmo não compareceu ao plantão conforme sua escala e até o momento desta nota  ainda nao nos procurou para ser ouvido e apresentar seu relato.

Isso gerou muita insatisfação para o nosso público alvo, todavia, registramos que já estamos tomando as decisões cabíveis e buscando alternativas emergenciais dentro da rede de saúde publica para evitar essas intercorrências. Destacamos que nossa equipe não  mediu esforços para receber, orientar e encaminhar as crianças com as famílias para serem atendidas na rede de acordo com  cada especificidade.

Imperatriz, 25 de dezembro de 2021

Alberto Clézio Sousa Oliveira - Diretor do Hospital Municipal Infantil de Imperatriz 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.