Destaque IRRESPONSABILIDADE

Ficou nítido que o evento "Virada Cultural" não está seguindo normas sanitárias e é uma ameaça à saúde pública

No primeiro dia do evento promovido pela Prefeitura de Imperatriz, é considerado aglomeração de pessoas sem uso de máscaras e distanciamento mínimo e se transforma em uma bomba relógio com a possibilidade de aumento nos números de casos de Covid-19.

30/12/2020 11h31 Atualizada há 7 meses
32.254
Por: Willamy Figueira
Virada Cultural não está seguindo normas sanitárias (Foto: Reprodução/Instagram)
Virada Cultural não está seguindo normas sanitárias (Foto: Reprodução/Instagram)

Ficou comprovada a irresponsabilidade da Prefeitura Municipal de Imperatriz que através da Fundação Cultural, está promovendo a "Virada Cultural" que está sendo realizado na Beira Rio.

O evento tem duração de três dias e ontem, terça-feira (29), foi o primeiro dia que ficou nítido, que não está sendo levado em contas, "normas sanitárias" como distanciamento mínimo entre pessoas, obrigatoriedade do uso de máscaras e aferimento de temperatura de quem chega no evento.

Sem esses cuidados, fica impossível de não pensar que esse tipo de evento será responsável pelo o aumento nos números de casos do novo Coronavírus, que só em Imperatriz já infectou segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), 8.551 e 407 óbitos e com ocupação de leitos de UTI's em 46%. Os dados podem ser consultado - AQUI.

A "Virada Cultural" ainda terá mais dois dias de evento na Beira Rio, hoje quarta-feira (30) e amanhã quinta-feira  de Réveillon (31). Nós entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, para falar do caso, mas não tivemos respostas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.